top of page

Será que é impossível ser feliz sozinho?


Na onda de Tom Jobim, do ponto de vista psicológico e neuropsicológico também é impossível ser feliz sozinho, porque o ser humano é um bicho do tipo social, que precisa de relacionamentos para se satisfazer e para encontrar completude.


“Mas, Caio você está falando que é impossível ser feliz sozinho ou sem um namorado?” – Aí que entra a polêmica! Na teoria, é impossível ser feliz sozinho, porém sim, seria possível ser feliz sem um parceiro romântico-sexual.


Na prática, na sociedade em que vivemos hoje, eu digo que é quase impossível ser feliz sem um namorado. Calma, calma, eu explico...


Na nossa sociedade, pensando especialmente em homens gays, existe uma série de experiências que estão restritas ou que foram condicionadas para a relação romântica.


Por exemplo: eu estou triste, se eu tenho um namorado eu estou ‘autorizado socialmente’ a deitar no colo dele e chorar; quando estou namorando, estou ‘autorizado socialmente’ a dormir abraçado, de conchinha; ou a ligar e pedir ajuda financeira, emocional; ou a fazer planos para o futuro...


Mas, sem um namorado eu tenho outros espaços de acolhimento que eu possa fazer essas coisas? Nem todas as pessoas têm uma rede familiar presente ou amigos de confiança.


Se pudéssemos construir relações em que a gente pudesse viver experiências afetivas de contato, de troca, de construção, de companheirismo... em comunidade ou com amigos, aí sim, eu afirmaria que é possível ser feliz sem um namorado.


Infelizmente, na nossa sociedade, ainda existe uma série de coisas que são protetivas e que ainda estão restritas a uma experiência romântica, de namoro.


Então, é impossível se feliz sozinho, mas é possível ser feliz sem um namorado, desde que a gente tenha rede, contato, apoio e troca!


Agora quero ouvir vocês! Conta pra mim aqui nos comentários, é impossível ou não ser feliz sozinho? E sem um namorado? Vocês têm espaço de afeto, de carinho, de troca, que não seja em relações românticas?


Bjpro6

Posts recentes

Ver tudo

É possível parar a compulsão de uma vez?

É comum quando percebemos um comportamento compulsivo a gente querer se livrar daquele componente de uma vez só. Então, se eu me masturbo muito quero parar e nunca mais fazer. Ou se como muito doce, q

Comments


bottom of page