• Instagram ícone social
  • Facebook ícone social
  • YouTube ícone social

6 traumas que Jon Snow trabalharia na terapia (tem spoilers!)



Você já se pegou pensando o que faria de diferente no lugar do Jon Snow? Afinal, sabemos muito mais da vida dele do que ele mesmo (até porque ele não sabe de nada heheheh). Eu, como psicóloga, adoro assistir à série analisando o perfil psicológico dos personagens. Pensa aqui comigo: como seria se o Jon um dia resolvesse fazer terapia? Eu acho que ele falaria desses 5 traumas:


1. Luto de pessoas amadas


Ele perdeu praticamente a família inteira na série, perdeu amigos, companheiros de batalhas e até mesmo seu primeiro amor. Haja luto para lidar! Mas no caso dele, todas essas dores foram enterradas em seu peito com fardos de obrigações... o tempo não para, a vida não faz pausas para que possamos chorar nossos mortos. Quantas dores você enterrou porque não se deu tempo para chorá-las o suficiente?

Imagino que o terapeuta do Jon diria: “use a terapia como o seu espaço e seu tempo para se permitir chorar seus mortos, viver seus lutos. Esse é um espaço seguro, pode se entristecer sem pressa.” Assim como eu e você, Jon Snow precisa colocar as dores para fora para se libertar delas.


2. Menosprezado pelos irmãos


Ele era o cara que ficava no quintal enquanto a família estava recebendo visitas. Quando encontraram a ninhada de Canis Dirus, os irmãos deram o menorzinho para ele. Ele sempre abaixou a cabeça e aceitou ser menosprezado pois sempre se enxergou como menos merecedor por ser filho bastardo. Quais conquistas na vida você tem sabotado por não se julgar merecedor? O quanto você se acha pior que os outros apenas por ter ouvido muitas vezes que não era bom o bastante?

Seu terapeuta diria: “é importante que você descubra seu próprio valor, mas não a partir de como os outros o vêem. Acredite que você tem o direito de ser feliz tanto quando aqueles que você hoje considera melhores que você. Ninguém é pior ou melhor, todos são apenas diferentes. Você precisa se conhecer para descobrir seu próprio valor”.


3. Bullying


Durante os treinamentos na patrulha da noite ou onde quer que vá, ele é reconhecido como o bastardo de Ned Stark. Como deve ter sido para ele crescer ouvindo isso o tempo todo? Um dia ele conhece alguém que sofreu tanto bullying quanto ele, o anão, mas que surpreendente achou uma forma de lidar com isso: “use isso como um escudo, e isso nunca mais o atingirá”.

Se eu fosse sua terapeuta, diria: “Olha para você, Jon, para as partes que sente orgulho e para as que você sente vergonha. Enquanto você tiver medo de olhar para as suas partes vergonhosas e assumi-las como suas, ficará à mercê da opinião dos outros”.


4. Não acreditar em seu potencial


Foi preciso que uma garotinha fizesse um baita de um discurso arrepiante para que ele fosse aclamado Rei do Norte, porque ele jamais iria pedir para ocupar esse cargo. Até para ser Lorde Comandante ele precisou ser “empurrado” pelos amigos. Isso porque ele nunca acreditou em seu potencial. Tudo o que conquistou foi porque outros acreditaram nele. Eu diria para ele: “Enquanto você não se conhecer, vai sempre precisar do outro para saber seu potencial”.


5. Problemas de relacionamento com mulheres


Jon tinha medo de acabar sem querer transando com a própria mãe (que ele não sabia quem era). Olha o complexo de Édipo do Freud aí! Essas questões mal-resolvidas do seu passado o impediam de ter bons relacionamentos com as mulheres e por isso ele acabou ficando sozinho por muito tempo... Imaginem quanta solidão desnecessária! Quantas vezes você deixou que os fantasmas de seu passado atrapalhassem sua vida amorosa?

Eu diria para ele: “enquanto não lidar com as sombras do seu passado, elas continuarão servindo de modelo para seus relacionamentos. Lide com seu passado para que você possa se abrir para as infinitas possibilidades que a vida traz no presente!”


6. Crise de identidade


Como você percebeu, a principal questão de Jon, e que nos faz amá-lo ou odiá-lo, é sua profunda crise de identidade. Afinal, ele é um filho de lord ou apenas um bastardo? É Snow, Stark ou Targaryen? É homem ou menino? É vivo ou morto? É o Rei do Norte ou é vassalo da Dany? O que ele sabe sobre si mesmo?

Eu diria: “Você não sabe de nada, Jon Snow... Quem é você? Está na hora de investir pesado em autoconhecimento! Você precisa fazer um mergulho em si mesmo!”

E você, o quanto sabe de si mesmo? Até quando vai viver assombrado pelos fantasmas do passado, negando suas dores, ignorando suas partes vergonhosas e sem conhecer seu potencial e seu valor?

Não vá fazer como o Jon Snow, que demorou 7 temporadas inteiras para começar a se conhecer! Trabalhar o autoconhecimento é o melhor investimento que uma pessoa pode fazer na vida!

Se você está cansado de não saber nada sobre si mesmo, que tal fazer um mergulho?


Não sabe o que é o mergulho? ah, você precisa conhecer... Clica ai que vale a pena: https://www.caiograneiro.com/mergulhopessoal


Até a próxima!

Um abraço


185 visualizações

Telefone e WhatsApp:

 +55 11 98800-0655