6 maneiras de superar o medo de se relacionar


1. Entender que a culpa não é sua

Que você não é assim, simplesmente, porque é. Mas, porque você vive em uma sociedade que, infelizmente, não estendeu espaço para que você vivesse a sua sexualidade de um jeito digno.


2. Ter consciência crítica

É importante resgatar a sua história para separar o que você é do que foi feito com você, do que foi produzido socialmente.


3. Falar e falar

Coloque o assunto em pauta! É importante dividir seus sentimentos e seus medos. Falar pode fazer o fardo ficar mais leve.

4. Explore

Não se prenda a uma única vivência! É importante se abrir para o novo mesmo com medo. Também há experiências boas no mundo!


5. Não se Violente

Não é porque a sua primeira experiência foi traumática, que você merece ser tratado como sem valor. Você tem valor e deve escolher experiências que reforcem isso.


6. Procure ajuda

Se é difícil cuidar disso sozinho, pense em procurar terapia ou participar de espaços terapêuticos (a Comunidade Gays Conscientes, com certeza, pode te ajudar).


No final das contas, o que mais pode ajudar a gente é tomar consciência e ressignificar esse passado. O seu passado não precisa definir o seu futuro.


Ao longo das últimas semanas falei sobre uma temática que não é comumente abordada, que é a construção da sexualidade do menino gay, como ela acontece em diversas fases da vida, as consequências dessas experiências na vida adulta e hoje resolvi trazer algumas dicas de como vocês podem inaugurar novos processos e novas maneiras de se relacionar, para que os traumas e as dores do que foi vivido na juventude, não siga atrapalhando como você se relaciona hoje.


Espero que ajude e que vocês compartilhem outras dicas, que funcionam para vocês e podem ajudar outros que também estão nesse processo de descoberta e de busca por novas formas de se relacionar.


E quem quiser entender mais sobre todos esses processos, a minha Comunidade Gays Conscientes aborda esse e outros temas relevantes com muito conteúdo e troca de experiências e vivências entre os participantes.


Bjpro6


2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo