top of page

Você foge do Amor?


Esses dias estava refletindo do porquê nós temos tanto medo e costumamos fugir quando alguém começa a gostar da gente. E resolvi trazer uma contribuição da psicanálise para pensar sobre esse tema...


Winnicott afirma que o medo de perder o objeto de amor é muito mais sofrido do que não ter sido amado. Porque, às vezes, a gente tá mais acostumado a lidar com a indiferença, com a rejeição, do que lidar com o fim de um relacionamento.


Aí quando alguém começa a se interessar pela gente, a demonstrar afeto, já ficamos tensos, ansiosos, pensando vai que eu acredito nesse afeto, me jogo, e depois de um tempo fico sem esse afeto? E o medo de perder pode me impedir, inclusive, de viver esse amor!


Também tem outro ponto, a questão da autoestima! Costumamos pensar que se alguém nos conhecer por inteiro, sem máscaras, sem filtros, com todos os nossos defeitos e dificuldades, essa pessoa não vai conseguir nos amar.


Então, a gente acaba ficando só na superficialidade, sem mostrar quem somos por inteiro, e quando alguém se interessa pela gente, nossa primeira reação é se proteger, porque temos tanto medo de ter o amor e depois perder, que a gente se boicota e acaba perdendo a chance de viver essa relação.


Todo mundo tem medo de se machucar, mas algumas pessoas se paralisam por esse medo de perder o amor, e outras pessoas, apesar do medo, avançam e vão viver uma nova experiência. Claro que, nem sempre a experiência é maravilhosa, às vezes, a pessoa se machuca, mas em outras tantas ela se cura, encontra afeto, troca e constrói uma relação saudável.


Temos que quebrar esses padrões patológicos de preferir quem é ‘difícil’, quem não gosta da gente, esse processo de baixa autoestima que começa lá na infância, quando temos que lutar pela atenção dos nossos pais, e que vai se perpetuando. Temos que alterar esses primeiros modelos de afeto e estabelecer modelos novos e mais saudáveis.


Não tenha medo de se revelar, todo mundo tem sombras. Eu acredito e aposto em relações em que a gente pode ser de verdade, porque quando alguém gosta da gente, gosta de quem a gente é por inteiro.


Então, da próxima vez que alguém começar a gostar de você, ao invés de fugir, se abra para esse novo começo, mesmo que seja difícil! Acredite, todo mundo merece ser amado de verdade, com todos os nossos defeitos, sombras e qualidades!


Eu espero, sinceramente, que esse artigo faça você refletir, e que você tenha coragem de se abrir quando alguém estiver gostando de você!


Conta pra mim aqui nos comentários, você tem dificuldade de se abrir, prefere evitar uma possível relação com medo de se machucar?


Bjpro6


2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

É possível parar a compulsão de uma vez?

É comum quando percebemos um comportamento compulsivo a gente querer se livrar daquele componente de uma vez só. Então, se eu me masturbo muito quero parar e nunca mais fazer. Ou se como muito doce, q

Comments


bottom of page