Pau que nasce torto nunca se endireita


Sim, você já ouviu a famosa frase do grupo É o Tchan e talvez até tenha completado a música. Porém, essa é uma das grandes falácias que incutiram na nossa cabeça. Porque não existe pau que nasce torto, a gente vai se entortando pelos traumas e dificuldades da vida. Até as plantas, só ficam tortas por causa do fototropismo, fenômeno que faz elas se inclinarem em direção à luz.


E talvez você tenha crescido e vivido a sua vida marcado pela vergonha, sentindo que há algo errado com você, que você é torto, que não é digno de ser amado. Mas, pode ser que as suas partes mais tortas, aquelas que mais se envergonha só estão aí porque você estava tentando, desesperadamente, buscar ajuda, buscar alguém que te olhasse e te ajudasse no processo de cura.


E você pode até pensar: “Mas eu não tenho problema com a vergonha”. Contudo, a gente cresce com esse sentimento muito profundo de que há algo errado com a gente e isso é a vergonha, essa sensação de que somos um pau torto que nunca se endireita.


E muitos de nós se sentem assim. Nos sentimos assim por conta da nossa sexualidade, porque somos mais ou menos extrovertidos, porque não somos bons o suficiente... Enfim, não importa qual é o seu motivo.


Eu estou aqui para te dizer que: você não nasceu torto e se há algo torto em você isso, possivelmente, foi o seu ato de esperança. E, talvez, agora você possa se responsabilizar por isso e causar mudanças.


E olha só, até as plantas podem ser consertadas. Você também pode ser consertado naquilo que considera ser quebrado. Mas, talvez, você nunca esteve quebrado. Talvez, você só está precisando de ajuda. E, quem sabe, diante dessa ajuda você não descubra que isso que parece um defeito seja algo que possa se orgulhar?


Bjpro6

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo