Os rótulos da infância


Você lembra de ser chamado na sua infância de ciumento, medroso, fofoqueiro, “bicho do mato”, chorão, pelos seus pais, familiares ou cuidadores? Muitas vezes, carregamos esses rótulos por muitos anos, mas será que eles nos pertencem mesmo?


Por exemplo, a criança ganha um irmãozinho e “perde” o seu lugar de primogênito e “especial” na casa e é chamada de ciumenta pelos pais.


Mas, essa criança não tem a capacidade de compreender que os pais vão continuar amando-a e que ter um irmão é um ganho. Ela só vai saber disso, se os pais contarem.


O menino que é chamado de “bicho do mato”, geralmente, é uma criança que não está se sentindo segura para ocupar o seu lugar no mundo, para ir lá, aparecer e dar opinião. O que ela precisa é ser encorajada pelos pais e não ganhar um rótulo.


Ou um menino que é mais sensível, que demonstra mais seus sentimentos, é chamado de chorão ou de medroso. Na verdade, ele só tem mais sensibilidade que outras crianças, e precisa ser incentivado a ser quem ele é, e não forçado a enxergar sua sensibilidade como algo ruim.


Ou, um menino que é mais comunicativo e é chamado de fofoqueiro. Ele ainda não tem o desenvolvimento necessário para filtrar o que vai dizer para as outras pessoas. São os pais que precisam saber o que podem ou não conversar na frente dele.


É importante a gente entender que, muitos dos rótulos que recebemos, na verdade, são uma falha dos nossos pais e cuidadores, que não souberam lidar com aquela situação e colaram esses rótulos em nós.


A criança ciumenta, na verdade, é um pai e uma mãe que não conduziram e não prepararam a criança para a chegada do irmão. O fofoqueiro é um pai e uma mãe que não protegeram o filho de assuntos sensíveis.


O “bicho do mato” é um pai e uma mãe que não deram segurança para o filho se mostrar para o mundo. O chorão, é um pai e uma mãe que não entenderam a sensibilidade do filho.


Conta pra mim, vocês lembram de rótulos que receberam na infância e que acreditaram ser verdade por muitos anos e depois descobriram que não era bem assim? Como eles marcaram vocês ao longo da vida?


Bjpro6


1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo