top of page

Como se amar mais em 3 passos


1. Trate a si mesmo como você trataria um amigo


Tendemos a tratar as outras pessoas com muito mais compreensão, carinho e cuidado do que tratamos nós mesmos. Se fazemos algo errado, é quase que automático já nos julgar e nos punir. Mas, com um amigo, tentamos olhar por um outro lado e compreender o erro.


Se você, por exemplo, fala algo errado para os seus alunos, você já se julga: “Como eu falei essa besteira, mas é um burro mesmo, não mereço ser professor...”. Mas, se for com um amigo: “Você está muito cansado, acabou confundindo as informações, acontece, na próxima aula você explica...”


2. Trate a si mesmo como se você fosse importante


Coloque energia em você, se trate com apoio, com cuidado e bondade. E mesmo que você não se considere importante agora, se você se cuidar, se regar, se der atenção, automaticamente, você vai passar a se tornar importante para você mesmo.


Conhece a história do O Pequeno Príncipe? Ele tem uma rosa, que é comum, ordinária, apenas uma rosa. Mas, ele se dedica tanto a ela, cuida com tanto carinho e cuidado, que ela se torna importante para ele e sua vida.


3. Se trate de forma ética e não de forma moral


A ética compreende que a vida é tão cheia de nuances, que não dá só para julgar algo como certo ou errado, que é uma das premissas da moral.


Então, se tratar de um jeito ético é compreender a sua relação com o mundo e com as coisas, que você não é um ser sozinho, que até as suas escolhas são perpassadas pelo ambiente e pelos espaços que você ocupa na vida e com as pessoas.


É entender que até falhar pode ser um ato de amor-próprio. Nós fomos ensinados a sermos corpos produtivos e nós estamos mais preparados para aceitar a autoviolência do que aceitar a autocompaixão.


Conta pra mim nos comentários, é difícil se tratar com autocompaixão? Você costuma se acolher ou se punir?


Espero que essas dicas te ajudem a refletir e na próxima vez que errar, antes de se julgar, consiga se acolher e se tratar com mais cuidado.


Bjpro6

Posts recentes

Ver tudo

É possível parar a compulsão de uma vez?

É comum quando percebemos um comportamento compulsivo a gente querer se livrar daquele componente de uma vez só. Então, se eu me masturbo muito quero parar e nunca mais fazer. Ou se como muito doce, q

Comentarios


bottom of page