5 Sinais de que seu pai é um Zumbi.


Se você, em algum momento da vida, teve a sensação de que o seu pai estava presente apenas fisicamente, que se mantinha ou ainda mantêm muito, muito distante emocionalmente, talvez ele seja de fato um pai ausente, mais parecido com um zumbi. Você ainda tem dúvidas? Dá uma olhada nessa lista com algumas características de um pai zumbi:

1 – Ele está presente só de corpo:

Imagina que você chega em casa após um encontro com amigos, super empolgado, fala para o seu pai sobre o quanto esse momento foi divertido, conta que dançou, que aprendeu passos novos, que fez novas amizades, e ele permanece na mesma posição deitado e olhando para a televisão, apenas te olhando pelo canto dos olhos.

Sabia que nossas primeiras experiências de amor e afeto acontecem na infância? O modo como nós fomos recebidos, cuidados ou a ausência desses cuidados influenciam nosso desenvolvimento, atingindo a forma como nos relacionamos com o mundo hoje.

Seu pai pode ter vivido alguns abandonos, pode não ter sido cuidado pelas pessoas que deveriam amá-lo, tornando-o um "abandonador". Não quero de maneira nenhuma dizer que isso justifica a posição desinteressada dele, mas que talvez essa falta de presença seja um reflexo da falta de presença que ele mesmo recebeu.

Que tal, ao perceber isso, você mesmo tentar interagir com outra pessoa de forma mais presente e interessada? Seja com membros da sua família, seja com amigos... O importante é você perceber que existem outras possibilidades de se relacionar ao invés de repetir também essa ausência.

2 - Ele é contagioso:

Sabe quando você volta para casa, depois da faculdade ou trabalho, super animado e cheio de novidades para contar?

Então você encontra seu pai e antes mesmo de ele te dar um "oi"ele começa a reclamar: "Mas essa casa vive bagunçada", "Mas a comida não fica pronta nunca", "Meu trabalho foi um inferno".

Quando você percebe, já perdeu toda a empolgação e está se sentindo cansado e triste.

Isso pode te levar a acreditar que você não é interessante ou que não vale a pena falar com as pessoas, e então você acaba “contagiado” pelo comportamento de se isolar e ser indiferente. Ele não sabe como se conectar com você nem desenvolver uma conversa saudável, então talvez seja melhor reservar suas coisas para dividir com quem vai compartilhar da sua alegria.

O antídoto é você continuar acreditando que você pode, sim, ser interessante para outras pessoas e que vale a pena se relacionar com os outros ao invés de ficar isolado.

3 – Tem um rosto sem expressão:

O seu pai foi assistir a sua apresentação de teatro, você estava muito feliz por ter dado tudo certo. No final, você desce do palco e vai até ele e pergunta se ele gostou: com um olhar frio e distante e a face sem expressão ele responde “ahã’.

Ele possivelmente já está tão distante dele mesmo, que não consegue dar nem receber nada. Para poder expressar sentimentos, ele precisaria antes senti-los e para sentir é precisa estar na vida. Algumas pessoas desistem de viver e passam apenas sobrevivendo. Esse é o alto preço que a falta de autoconhecimento e cuidado consigo mesmo cobra das pessoas a longo prazo.

Não vá você mesmo pelo mesmo caminho, entre em contato com seus sentimentos mesmo que isso seja dolorido, acredite, é melhor do que se tornar um zumbi!

4 – Ele provoca medo:

Ele pode ficar agressivo do nada, sem um motivo lógico e por isso você tem medo de se aproximar dele. Você nunca sabe quando ele vai te atacar com uma fala rude, um jeito estranho de te olhar ou até mesmo com violência física.

Quando não temos mais recursos psicológicos para lidar com determinadas situações, somos violentos e agressivos. A violência é uma forma primária de lidar com o que nos deixa inseguros ou contrariados.

É importante que você saiba que esse modo de agir diz respeito somente a ele e que está tudo bem você se afastar dele e de qualquer um que seja agressivo com você.

5 – Ele come o seu cérebro

Você vai até seu pai e começa a contar sobre seu desenvolvimento no trabalho e esperança numa promoção. Faz isso com a maior riqueza de detalhes e com muito entusiasmo, mas ele olha para você e diz: "Esquece, isso não é pra você".

Ele projeta seu próprio fracasso em você (para aprender sobre projeção veja: Projeção), não consegue enxergar o próprio potencial, então joga isso em você, pois é insuportável ver que você, apesar de muito mais jovem do que ele, já está chegando a lugares que ele mesmo nunca chegou.

Você deve reconhecer essa projeção e não se submeter a ela. É o cérebro dele que está deteriorado não o seu!

Eu sobrevivi ao apocalipse zumbi:

Viver com um pai zumbi é doloroso e influencia em nosso relacionamento com o mundo. Quero dividir com você a minha experiência pessoal, pois sei bem como é ter um pai zumbi.

Por muitos anos acreditei que várias das ações dele eram culpa minha, ou ainda, que eu as provocava o tempo todo. Eu me calei, mesmo querendo falar; me escondi e evitei me expressar por achar que seria censurada ou ignorada.A partir daí, muitas questões relativas a afeto, relacionamento e auto estima se desenvolveram de forma negativa em mim.

Eu cresci, me tornei psicóloga e aos poucos fui me libertando de todos as correntes que herdei dessa relação tão difícil.

Depois de ter feito muita terapia, acreditei que já não havia mais nada para tratar sobre esse assunto. Foi então que participei do "Mergulho". Lá tive a oportunidade de olhar novamente para minha história e justamente por ser um ambiente muito seguro e cuidadoso, pude revisitar vários momentos que eu ainda não tinha tido a coragem de olhar antes. Consegui dar novos significados a muitas experiências que estavam marcadas em mim e pude cuidar de muitas feridas, me expandindo para trilhar um novo caminho.

Se você, assim como eu, tem marcas dessa vivência, também precisa mergulhar em sua história e se dar uma oportunidade de descobrir muito a seu respeito.

Experimentar um mergulho em mim mesma foi tão importante na minha vida que hoje sou uma das psicólogas que cuida dos grupos no evento. Então, se você decidir que está na hora de cuidar dessas suas questões e quiser aproveitar essa oportunidade de trabalhá-las no Mergulho Pessoal, nós nos encontraremos lá!

Um forte abraço para você!

Carla Cristina

0 visualização
  • Instagram ícone social
  • Facebook ícone social
  • YouTube ícone social

Telefone e WhatsApp:

 +55 11 98800-0655