Saída do armário: espontânea x forçada


Podemos sair do armário de forma espontânea ou ser forçado a sair dele. As duas experiências são bem diferentes e trazem consequências distintas.


A saída espontânea nasce do desejo do próprio homem gay de se revelar, de ter uma vida mais autêntica, de não precisar mais se esconder, de ter liberdade para ser o que é.


Essa saída tem um tempo de preparação, que é individual. Mas, independente do tempo que leve, é importante estar com os pés no chão e preparado para o enfrentamento e para as diversas reações que virão.


Acontece das pessoas te aceitarem de cara e falarem que te amam independente da sua orientação sexual? Acontece! Mas, nem sempre. Geralmente, as pessoas precisam de um tempo de maturação para processar a novidade.


Já a forçada, é aquela experiência que alguém descobre que você é gay e conta para o resto da família ou para o pessoal do trabalho. Tende a ser uma experiência traumática, mesmo que ela se desdobre de maneira positiva no futuro.


Além de traumática pode gerar negação. É muito comum, depois de ser “descoberto”, o homem gay querer se hiper masculinizar. Tentar contornar a situação e dizer, por exemplo, que só estava no site de pegação gay para fazer piada.


Ou passa a sair com várias garotas para deixar claro que não é gay. Também pode ficar mais machista e até homofóbico.


O homem gay também pode se fechar e viver um processo que chamamos de embotamento sexual, ou seja, ele fica completamente sem sexualidade, para de transar, não se masturba mais, não vai mais na sauna, nem para a balada gay.


Ele entra em um processo de negação tão intenso, que nega tudo aquilo que pode despertar a sexualidade dele. Fica tão traumatizado, que vive um processo de negação total da própria sexualidade.


E você já saiu do armário? Saiu espontaneamente ou foi arrancado por alguém de lá?


A saída do armário é um processo de transformação, que pode até gerar muito sofrimento no início, mas que te traz uma experiência de orgulho, de liberdade de ser quem é, de potência e empoderamento.


Se você está passando por esse processo, ou ainda está no armário e quer sair dele, minha Comunidade Gays Conscientes pode ser um caminho. Por lá, eu e outros homens gays trocamos experiências e falamos sobre orgulho, autenticidade e como ser mais potentes.


Te espero!


Bjpro6

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo