Que as atitudes do pai atrapalham o desenvolvimento da criança?


O pai tem muitas funções dentro do desenvolvimento da criança, desde o seu nascimento. Uma delas é ajudar o bebê a se descolar da mãe. Nesse momento, ela começa a enxergar o pai como um outro significante.


E aqui está a problemática do pai que vai embora quando a criança é pequena. Porque no momento que o outro é significante ele desaparece.


Simbolicamente, para a criança, ela imagina que se ela se tornar autônoma ela vai desaparecer também. Isso representa uma grave ameaça para a criança, que sente medo de desaparecer.


Lá na frente, ela vai se transformar em um adulto que só entra em relacionamentos que tenham uma relação de dependência, onde é preciso que o outro garanta a sua existência, para ela não desaparecer.


“Caio, isso só acontece com o pai que foi embora?” Não! Se o pai é completamente ausente, ou não existe por inteiro como pai, isso pode repercutir dentro da criança da mesma forma.


Ou se um pai é agressivo, violento, frio... a criança pode ficar com medo de se individualizar. Então, ela tende a não se descolar da mãe, para se sentir protegida, porque acredita que não terá força de existir diante desse pai.


E isso também é problemático, porque a criança tem que se dessimbiotizar da mãe para poder construir a sua socialização com os irmãos, familiares, amigos...


Na vida adulta, ela pode ter dificuldades de confiar e se entregar emocionalmente, tende a não demonstrar os seus sentimentos e até mesmo viver em negação da realidade.


O pai é muito importante no desenvolvimento do filho, por isso que paternidade é um tema que abordo com muito cuidado na minha Comunidade Gays Conscientes. Deixa um “eu quero”, se tiver interesse em participar.


Como é a presença do pai ou a ausência dele afeta o desenvolvimento da criança e tem impactos direto na vida adulta dessa pessoa.


Se você tem alguma das dificuldades citadas no post, isso pode ter relação direta com a relação com o seu pai. Por isso, tenho abordado a temática paterna aqui e também na minha Comunidade Gays Conscientes, para ajudá-los a entender e a lidar com esses processos.


Bjpro6


4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo