Porque a experiência é cada vez mais rara


A experiência não é algo que se faz ou imagina, e está para além do discurso. A experiência é o que nos passa, o que nos acontece, o que nos toca.


Vivemos em um momento de velocidade, de fast food, da internet, da informação mastigada e por isso a maioria de nós foi treinada para a não experiência.


Em um mundo que se passam tantas coisas, a experiência é cada vez mais rara.


Entenda os motivos:


1. Excesso de informação


A informação não é experiência. Depois de assistir uma aula, ler um livro, visitar um novo lugar, você tem novas informações sobre algo, mas se nada te tocou, você não viveu uma experiência.


2. Excesso de opinião


O sujeito moderno é informado e tem uma opinião sobre quase tudo. Mas, a obsessão pela opinião anula nossas possibilidades de experiência, de permitir que algo nos aconteça.


3. Falta de tempo


Vivemos em um mundo em que tudo acontece depressa, em que tudo é fugaz e efêmero. E essa velocidade que não nos permite parar, viver e sentir o que nos acontece é inimiga da experiência.


4. Excesso de trabalho


O foco no trabalho, em ser produtivo, em estar em atividade, em desenvolvimento, não nos permite parar para que algo nos aconteça, para viver uma experiência.


Em tempos que correm, para viver uma experiência é necessário sentir, pensar mais devagar, olhar, escutar, cultivar a arte do encontro, dar-se tempo e espaço.


Já tinha parado para pensar como temos vivido cada vez menos experiências? Como a correria e a profusão de informações e de conteúdo nos atropela e não nos permite sentir e viver novas experiências?


Coloca aí nos comentários se você também tem sido levado pela vida e nem lembra qual foi a última vez que viveu uma experiência.


E se você é um homem gay que deseja viver novas experiências, a minha Comunidade Gays Conscientes pode ser um bom lugar.


Te espero!


Bjpro6


0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo