Ou você busca autenticidade ou aprovação


O último estágio desse processo de sair da vergonha e ir para o orgulho é a fase da autenticidade. A fase da obra de arte de si mesmo, como diria o filósofo Michel Foucault.


Mas, só consegue chegar na fase da autenticidade e do orgulho, quem estiver disposto a se livrar do vício da aprovação.


Quando você parar de contar e de depender da aprovação vinda de fora e começar a contar e a depender da aprovação vinda de dentro. E mais do que isso! Quando você só aceitar as aprovações externas que sejam verdadeiras.


Na fase do orgulho a gente não quer mais ser aprovado por aquilo que a gente não é, a gente quer receber aprovações verdadeiras, a gente quer ser visto por quem a gente é de verdade.


Porque é melhor pouca aprovação, mas verdadeira, do que muitas aprovações que não são reais, que não são para quem eu sou de verdade.


Contudo, infelizmente, muitos homens gays morrem sem chegar na fase da autenticidade, sem ter orgulho de si mesmo. Muitos homens passam uma vida inteira em busca de aprovação, buscando fora o que a gente só consegue encontrar dentro de nós.


Estar na fase do orgulho, da obra de arte de si mesmo, é parar de buscar sentido, de buscar alguém que valide a própria vida e começar a produzir sentido.


Pois, é nossa a responsabilidade de produzir uma vida de sentido, se permitindo ser o máximo de si mesmo. Na fase do orgulho eu deixo de ser uma obra de arte do outro e passo a ser uma obra de arte de mim mesmo!


Quer uma ferramenta para te ajudar a produzir autenticidade. Vem conhecer meu curso “Psicologia e Homossexualidade”.


Conta pra mim nos comentários você já chegou na fase do orgulho? Na fase da autenticidade? Você já é uma obra de arte de si mesmo?


Bjpro6

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo