Os benefícios do perdão


Pesquisa publicada no Jornal of Health Psychology aponta que treinar a habilidade de perdoar contribui para a saúde mental, protegendo contra os efeitos negativos do estresse.


Estudo divulgado no Jornal Personal Relationships mostra que o perdão beneficia quem o pratica e quem recebe o perdão, já que ambos tendem a apresentar redução na pressão arterial.


Pesquisa da Sociedade de Medicina Comportamental dos EUA identificou que portadores do vírus HIV que perdoam apontam um maior nível de células CD4, consideradas positivas para o sistema imunológico.


Estudo publicado no Jornal Psychological Science confirmou que o ressentimento aumenta a irritabilidade, além de causar tristeza e ansiedade.


Pesquisadores da Universidade do Tennessee garantem que o ato do perdão pode atuar desde a qualidade do sono até a fadiga, pois consegue reduzir sentimentos e patologias prejudiciais à saúde como a tensão e a raiva.


Estudo da Universidade de Baylor, publicado no Journal of Positive Psychology, revela que quem pede perdão por um erro, tem mais chances de perdoar a si mesmo.


Viu, a ciência nos conta que perdoar faz bem à saúde. E você? Quem vai escolher perdoar hoje?


Escreve aí nos comentários, para você é difícil perdoar? Você já viveu uma experiência de sentir muita raiva de alguém e depois de perdoar se sentir mais leve, mais livre? Talvez, o seu depoimento ajude alguém a se encorajar a liberar o perdão também.


E se você é um homem gay e quer ser mais consciente e aprender a lidar com alguns traumas participe da minha Comunidade Gays Conscientes.


Bjpro6

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo