Não é só a terapia que é terapêutica


Psicólogos não me odeiem, mas trago verdades: Não é só a terapia que ajuda as pessoas a evoluírem.


É claro que a terapia é extremamente importante e é ela que nos faz olhar para lugares difíceis, investigar coisas com uma densidade maior, um espaço em que junto com o terapeuta a gente aprende sobre nós mesmos, cura feridas, muda o olhar...


Mas, é muito importante a gente ter outros espaços terapêuticos em nossas vidas. Espaços de catarse, de alívio, de reflexão, de relaxamento, espaços que componham a experiência de estar na vida e que, não necessariamente, seja a terapia.


Às vezes, você pode não ter dinheiro para fazer um processo terapêutico, em que você paga toda a semana um terapeuta, mas você pode viver e construir experiências que sejam terapêuticas.


Você pode aprender a tocar um instrumento na internet, ou a pintar, pode construir com os seus amigos uma roda de conversa em que cada um conta o seu problema e refletem sobre os temas expostos...


A gente não pode achar que porque não temos acesso à alguma coisa, a gente não pode nada. A gente pode muito!


É claro que, tem muitas coisas que são gostosas e que são um privilégio, do ponto de vista financeiro, como viajar para um lugar paradisíaco, fazer massagem. Mas, existem outros processos, que são igualmente terapêuticos, e que são de graça. Como ir meditar em um parque, conversar profundamente com um amigo, correr na rua e tantas outras coisas que são possíveis por um valor financeiro muito pequeno ou até de graça.


O importante é a gente não se privar de compor experiências que nos ajudem a desenvolver autoconhecimento e autocuidado e que nos faça avançar na vida!


Bjpro6

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo