Formação Reativa:

Caso Clínico e Intervenção


Um mãe chega depressiva ao consultório, tudo o que ela consegue fazer é cuidar do seu bebê, ela tem medo que algo aconteça com ele... Como intervir de forma eficaz para ajudar um paciente que está em formação reativa? Esse vídeo traz um caso clínico e propostas práticas de intervenção psicológica. O caso: Uma mãe chega no consultório, ela acabou de ter um bebê. Ela não consegue sair de casa, ela engordou, ela não tem vontade de fazer nada, ela está super depressiva. A única coisa que ela consegue fazer, é cuidar do bebê. Ela se dedica inteiramente àquele bebêzinho. O maior medo dela é que aconteça alguma coisa com o bebê. Ela nem sai de casa, com medo de que algo de ruim aconteça àquela criança.

0 visualização
  • Instagram ícone social
  • Facebook ícone social
  • YouTube ícone social

Telefone e WhatsApp:

 +55 11 98800-0655