Está se divorciando? Então você precisa ignorar esses 3 conselhos!



Você com certeza já ouviu o dito popular: “se conselho fosse bom, ninguém dava: vendia".

Pois é... se você está passando por uma dificuldade, sabe que todo mundo esquece desse ditado e quer logo oferecer um monte de conselhos e nem todos vão ser construtivos. Alguns podem até ser bons mas outros podem te deixar ainda pior.


Pensando nisso, resolvi elencar três maus conselhos que recebi após o meu divórcio, mas como sou psicologa vou explicar para você porque esses conselhos não te ajudam.

Minha intenção é te ajudar a filtrar o que você ouve para não ficar perdido nesse momento tão difícil.


1. “Logo você arruma outra pessoa.”


Porque parece bom: Parece encorajador porque faz você sentir que a sua vida vai continuar, que não deu certo uma vez com alguém mas pode dar certo com outra pessoa. Além disso, fica implícito que você parece ser uma pessoa interessante, bonita, inteligente, jovem, etc.


Porque pode ser ruim: Pode ser que você não encontre alguém assim tão rápido (talvez nem deva – mas vamos falar disso depois) e comece a achar que tem alguma coisa errada com você.

Esse conselho também é ruim porque desconsidera seu luto pelo relacionamento que não deu certo e dá a impressão de que o próximo relacionamento vai resolver magicamente as suas dores. Não vai! Pulando de um relacionamento para outro, você só vai estar negando suas dores, sem aprender nada sobre os porquês do seu casamento ter acabado e ainda correndo o risco de repetir os mesmo erros do passado. (Falamos dos motivos das repetições nesse texto: "Você tem sempre os mesmos problemas nas suas relações? A psicologia explica porque:").


Como lidar com isso: Respeite seu tempo. Não tenha pressa para fazer as coisas, se dê um tempo para chorar, para viver os vários lutos que envolvem um divórcio. Revisite seu relacionamento mentalmente quanto for preciso para entender o que você poderá fazer diferente em outra relação, o que você espera de um novo parceiro e o que você quer ou não num novo relacionamento. Vá se abrindo para conhecer novas pessoas à medida que sentir desejo para isso: e esse desejo vai surgir, acredite! Mas não se atropele no processo. Respeitar a si mesmo é um gesto de amor-próprio, e você vai precisar muito disso daqui para frente!


2. “Homem/Mulher é tudo igual, nenhum(a) presta”


Porque parece bom: Esse conselho pode parecer um alívio para você que se sentiu traída, machucada, enganada, abandonada. Parece que a pessoa que aconselha entende o que você sofreu e se compadece de você.


Porque pode ser ruim: Mas não se engane: as pessoas não são todas horríveis, pensar assim só fará com que você fique amargurado e sem acreditar que é possível, sim, encontrar pessoas legais para se relacionar. Colocar todas as pessoas na mesma bacia das frutas podres não vai te ajudar em nada! Acredite que tem gente legal no mundo e tenha esperança de que você vai encontrar essas pessoas um dia.


Como lidar com isso: Lembre-se que você se envolveu com seu antigo parceiro por alguma razão, ou seja, ele não era totalmente ruim, mesmo que ele tenha te feito muito mal, você só ficou porque teve algum tipo de ganho. Lembre-se que, mesmo que a maioria das lembranças sejam ruins, existem lembranças de momentos bons. Todas as pessoas têm defeitos e qualidades e você pode achar uma pessoa com defeitos mais toleráveis e qualidades mais admiráveis da próxima vez que for se relacionar. Isso não significa que vai ter uma tampa da panela esperando por você, mas com certeza você pode encontrar pessoas que podem ser mais compatíveis com seus valores de vida. O planeta tem 7 bilhões de habitantes, então a não ser que você tenha vindo de Marte, com certeza existem muitas outras pessoas no mundo com valores parecidos com os seus!


3. “Você deveria continuar lutando pelo seu casamento”


Porque parece bom: É muito provável que você ouça isso de pessoas mais velhas ou religiosas. Pode até parecer que essas pessoas estão torcendo por você, para que você junte os cacos do que se quebrou e seja feliz, e que elas estão torcendo para que você resolva os problemas do seu relacionamento anterior porque vocês “foram feitos um para o outro”.


Porque pode ser ruim: Esse tipo de conselho pode ser muito doloroso para aquela pessoa que não escolheu terminar o relacionamento, ou então para aquela que pediu o término porque viu que não havia mais empenho do outro para ficarem juntos. O que as pessoas não entendem é que um casamento não depende só da vontade de um dos dois, mas de ambos, e não adianta dar murro em ponta de faca quando o outro não quer mais.


Como lidar com isso: Só você sabe se dá (ou dava) para tentar mais. Não carregue o peso de se sentir responsável por decisões que não estão nas suas mãos. Nesse momento da vida você já vai ter que lidar com muita coisa ao mesmo tempo e é totalmente desnecessário e improdutivo ficar se culpando por não ter tentado mais. Você tentou o que podia, só você sabe do seu limite.


Afinal, como identificar conselhos que podem ser negativos?


Esses exemplos acima não consideram o seu tempo, os seus valores de vida e a sua história. Só você pode saber isso sobre você mesmo! Qual é o seu tempo? Quais são os seus valores? Qual é a sua história? Trabalhando o autoconhecimento, você estará em sintonia com você mesmo e será muito mais fácil identificar quais são os conselhos que te colocam mais perto de você ou os que te atropelam. Não foi à toa que o filósofo Sócrates já aconselhava: “conhece a ti mesmo”! Todo conselho nessa linha você pode seguir que não tem erro!


Você também ouviu muitos conselhos? Quais ajudaram e atrapalharam você? Conte pra gente aqui nos comentários.


Aliáis, quando eu vivi meu próprio divorcio, fazer o processo do "mergulho" me ajudou demais a entender várias das minhas questões. Se você quiser conhecer um pouquinho mais sobre o mergulho, vou deixar o link aqui pra você: https://www.caiograneiro.com/mergulhopessoal


Força na caminhada!

E se decidir ir no mergulho, a gente se encontra lá pessoalmente, pois eu sou uma das psicólogas do evento ;)

Um abraço

Ana Paula


417 visualizações
  • Instagram ícone social
  • Facebook ícone social
  • YouTube ícone social

Telefone e WhatsApp:

 +55 11 98800-0655