Como se tornar um homem gay mais autêntico


No último post falamos que a autenticidade é a última fase do processo de sair da vergonha e ir para o orgulho. Mas, como se tornar um homem gay autêntico?


Primeiramente trocando o fazer pelo ser! O que quero dizer com isso... é que a gente tem que parar de fazer coisas, de tentar buscar a aprovação dos outros por essas coisas que a gente faz, e olhar para dentro!


Porque só olhando para dentro que vamos conseguir buscar as raízes do nosso medo, as raízes da nossa insegurança, e também encontrar a cura.


Se eu não topar olhar para dentro, eu nunca vou me encontrar! Se eu não topar olhar para mim eu nunca vou sair desse lugar da vergonha.


Tem um exercício que eu gosto muito de fazer que é me perguntar: “Se eu fosse eu o que eu faria?”. O que o “eu verdadeiro” e não o eu que busca aprovação faria nessa situação?


A gente não quebra o ciclo da vergonha sem passar pela vergonha, sem abrir mão da aprovação. Não tem como quebrar a repetição, se a gente não inaugurar novos processos e novas formas de agir.


A gente precisa abraçar os nossos lugares de vergonha, de medo, de dor, precisa abraçar as nossas sombras, expor a nossa vulnerabilidade, para conseguir ser verdadeiro, ser amado e ter orgulho daquilo que a gente realmente é.


É só no processo de se revelar que a gente consegue encontrar o nosso verdadeiro eu! E eu sei que não é fácil encontrar espaços que a gente possa se revelar, que a gente possa ser quem nós somos de verdade e sermos aceitos.


Por isso que terapia e espaços terapêuticos como a Comunidade Gays Conscientes são tão importantes e podem te ajudar a buscar a sua autenticidade e o seu orgulho!


Bjpro6


3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo