top of page

A pulsão de morte como manutenção da vida


Às vezes, uma coisa que parece vir para destruir a gente, pode estar, na verdade, a serviço de devolver pra gente um estado de equilíbrio.


Quando falamos de pulsão de morte, ela costuma ser vista como algo ruim, mas pode ser algo que está te ajudando a sair de algum sintoma.


Porque a pulsão de morte tem a ver com uma busca ao retorno ao estado zero. É uma busca para uma espécie de estado de nirvana.


Se a pulsão de vida busca resolver o desejo, na pulsão de morte eu tenho a aniquilação do desejo, me levando a um estado que não tem mais nada para resolver. Algo como um repouso.


Teoricamente, um lugar que a gente está mais próximo da pulsão de morte é quando a gente está dormindo.


“E o que tem de bom nisso, Caio?” – Por exemplo, quando uma pessoa está em um trabalho que está fazendo mal a ela, a pulsão de morte pode empurrar esse indivíduo para um estado de depressão. O que nesse caso é algo bom, porque essa pessoa está se fazendo mal neste trabalho.


Então, a pulsão de morte está tão a favor da vida como a própria pulsão de vida.


É importante que vocês reflitam: O que na sua vida precisa morrer para que você possa viver uma vida mais plena?


Já aconteceu isso com vocês? De algo precisar morrer, acabar, um ciclo encerrar, para que vocês tenham uma vida mais plena, mais completa?


Conta pra mim aqui nos comentários!


Bjpro6

Posts recentes

Ver tudo

É possível parar a compulsão de uma vez?

É comum quando percebemos um comportamento compulsivo a gente querer se livrar daquele componente de uma vez só. Então, se eu me masturbo muito quero parar e nunca mais fazer. Ou se como muito doce, q

Comments


bottom of page